segunda-feira, 1 de julho de 2013

O Mar Ilha

Para o mar, Omar ia, Maria,
Levar oferendas a Iemanjá
Mas Omar não podia, Maria
Provar o manjar de um marajá
E onde Osmar, Amaro, e tantos outros que te amaram, Maria
Para Omar areia não mais há

Até para Roma Omar tinha ido, Maria
Queria ser teu marido, mas teu amor para o mar ia embora já
Após a romaria te faria o pedido, Maria
Mas tua amargura encobrira também as terras de lá
Então tu resolveste amar gurias, Maria
E agora para Omar não importa onde tu vais
Pois no seu imenso mar Omar encontrou uma ilha, Maria
Ó Marilha!


Vinni Corrêa
31 de julho de 2006

Giorgio De Chirico - O Retorno de Ulysses

Nenhum comentário:

Postar um comentário