segunda-feira, 1 de julho de 2013

Socialmente Canhoto

A mão direita desliza feito uma seda
Seu movimento fraqueja ao nos acossar
Usurpando os meios
A força contra o direito
Caminho estreito para do poder gozar

A mão esquerda está cheia de calos
Mas que está impávida para lutar
Livre das correntes
A coragem presente
O canto envolvente a nos motivar

Geneticamente podemos ser destros ou canhotos
Mas na história, em um ritual de sadismo
A direita esteve sempre fluente
Coibindo uma maioria de alcançar a fuga da dor
Fuga esta que é o anseio de qualquer ser
Uma luta onde a esquerda é inerente
Lutar pela liberdade do povo
Por isso sou socialmente canhoto


Vinni Corrêa
06 de setembro de 2005

David Alfaro Siqueiros - Nossa Imagem Atual

Nenhum comentário:

Postar um comentário