terça-feira, 4 de março de 2014

Querer Despir a Solidão É Torná-la Mais Só

Querer despir a solidão é torná-la mais só
Amarelar o papo e despencar de popa
Amargo pejo fino pecíolo de um abricó
Feito galo poupa engole lagarta de polpa
Murcho canto que animava cocoricó

Quente embrulha quem muito dá sopa
A garganta seca entulha dá nó
Cheiro de mofo espraia no guarda-roupa
Derrubam-se as malhas salgadas em dominó
Filó cloro fila a solidão duma certa paixão oca 

Vinni Corrêa
23 de março de 2010



Amedeo Modigliani - Sorrowful Nude


Leia também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário