domingo, 2 de março de 2014

Velocidade

Qual a velocidade do mundo?
Qual a nossa velocidade?
Nossos mundos não são os mesmos
Temos estradas distintas
Teu asfalto é mais liso porém mais escorregadio
No meu não é permitido correr
E há vários cruzamentos
Há calçadas largas
Em tuas calçadas os bares tomam conta
Este é o teu mundo
Teu sono tua ilusão
Teu remédio teu engano
Teu rubor tua lasca
Tua carne tua laranja
Tua sina teu esgoto
Tua casca tua manobra
O velocímetro não marca mais nada
Desistiu de entender a rotação
Nas janelas as cortinas voam para fora
A chuva ainda não começou a cair
As paredes se inclinam mas se envergonham
De suas rachaduras
Mais do que com suas teias no canto da sala
E do que o som que atravessa suas entranhas
E dentro desta parede que tu vives transas choras morres
Tudo na tua velocidade
Que nunca alcança
O brilho da tua alma 


Vinni Corrêa
15 de agosto de 2002



 Eadweard Muybridge - Running Full Speed, Locomotion

Giacomo Balla - Abstract Speed and Sound

Nenhum comentário:

Postar um comentário