quarta-feira, 29 de julho de 2015

Sexo anal faz mal ao coração?

"é a prática do sexo anal que provoca a endocardite bacteriana”
“por isso, todos os pacientes homossexuais têm endocardite bacteriana”



Essas são afirmações de uma médica em uma palestra que pode ser conferida no seguinte vídeo:


A especialista ignora que não há registro de estudos científicos que apontem a relação direta entre a endocardite e o sexo, inclusive, o anal. Procure por qualquer artigo científico sobre endocardite bacteriana e tente localizar por algum tipo de ligação da doença com a prática de dar o rabo. Não encontrará. É claro que a falta de higienização na região anal pode concentrar, sim, inúmeras bactérias e causar doenças como a endocardite bacteriana, que ataca o coração. Não apenas na pessoa passiva, mas, também, na ativa. Mas a higienização e o sexo seguro com camisinha evitariam tal risco.

Lembrando, ainda, que a higienização não deve ser feita apenas no cu. A região com maior índice de entrada da bactéria causadora da endocardite bacteriana é a oral. Então, deve-se ter cuidado também com o sexo oral (lavar bem a piroca, mas, também, a boca). A doença pode ser contraída em procedimentos de extração de dentes, retirada de cáries, presença de doenças como a gengivite, implantes de piercing etc.

Outro dado importante, a frequência de endocardite não é agravada pela infecção do HIV, assim como sua incidência é igual em pacientes de outros grupos de risco. E, diferente do que afirma a doutora do vídeo, a endocardite bacteriana pode ser transmitida, inclusive, no sexo tradicional, ou seja, da pica para a buceta e vice-versa.



Interessante é que a opinião da médica é a mesma do grande ignóbil pensador brasileiro Olavo de Carvalho.


“ a mulher não sente absolutamente nada [prazer] com a prática do sexo anal, a não ser o sofrimento físico, a dor”

Que essa médica diga isso por ela. Provavelmente ela sofreu algum trauma na vida dela. Ou a primeira vez dela no rabo foi dolorosa ou ela foi violentada. Isso devemos respeitar. Mas, não é por isso que se deve afirmar que NENHUMA mulher sente prazer na região. Há, sim, muitas que sentem prazer com a penetração no cu. O grande problema é que a maioria sente dor na região, pois, além de não ser naturalmente lubrificada (nada que cuspe, manteiga, gel lubrificante ou, como diria Bela Gil, baba de quiabo não possam resolver), é uma área muito apertada na mulher, devido a anatomia da sua bacia. Mas muitos toques de carinhos e alguns beijos podem resolver.





“sem lubrificantes artificiais [e os naturais?], sem anestésicos para limitar a dor, é uma prática dolorosa, humilhante, violadora”

Dolorosa, tudo bem. De fato, as mulheres acham isso. O rompimento do hímen também o é para muitas mulheres. O sexo anal não significa falta de carinho. Ou, ao menos, não deveria significar.

Humilhante? Violadora? Se uma mulher for forçada a tal prática, sem dúvida, é. Aliás, ninguém deve ser forçado a nada que não queira fazer. Isso sim é violação. Provavelmente ela nunca recebeu uma lambida no períneo ou na entrada do cu.



“sendo que ela tem um órgão próprio para isso. Por que o homem teria de submetê-la a esse tipo de atividade se não fosse por sadismo?”

Submeter uma mulher a uma prática sexual que ela não deseja é, certamente, sadismo e, mais que isso, violência, estupro. Mas isso vale para qualquer outra prática sexual além do sexo anal. E por que, diabos, o sexo anal deveria ser algo violento?

Ainda segundo ela, a próstata pode até dar prazer no sexo anal, mas se feito com tamanha violência.

“Sexo anal pressupõe o câncer de próstata”

Também não há evidência científica que determine a relação entre a prática de ser enrabado com o câncer de próstata. Quem gosta de liberar a rosca, pode fazê-lo tranquilamente, sem peso na consciência quanto ao câncer.

Então, é verdade que o sexo anal faz mal ao coração?

Como já escrevi em um poema:

quando o coração sofre mais que o cu é sinal de que o amor não foi lubrificado o suficiente

;)

3 comentários:

  1. Não tava conseguindo dormir. E amei o poema!

    ResponderExcluir
  2. acho que vocês não prestaram atenção no video .
    A medica trabalhou no hospital , fez testes nos pacientes , tratou os pacientes e examinou o sangue dos pacientes .
    hora , se a veia cava vai direto ao coração , com certeza se houver uma fissura no canal anal , as bacterias vão parar onde sabidão ???? voc~e deve ser mais um que adora dar o cú ! continue .

    ResponderExcluir